2 de agosto de 2012 às 07h56min - Por Mário Flávio

O ex-candidato a vereador Eduardo Guerra (PT) se pronunciou sobre o indeferimento da sua candidatura a vereador pelo juiz do registro de candidatura, Jefferson Félix. Por meio de nota, ele disse que foi vítima de um erro do advogado. Segue a nota enviada pelo petista.

Nota à imprensa e à população de Caruaru

Em respeito à verdade, ao processo democrático e à população de Caruaru, venho esclarecer os fatos que foram noticiados nos meios de comunicação sobre o envolvimento de minha candidatura no cometimento de condutas tipificadas como crime.

A verdade é que pedi a um amigo advogado, residente em Recife, a gentileza de tramitar a expedição de algumas certidões necessárias ao registro de minha candidatura. Por ser um trabalho simples e por já ter contado com o seu apoio em outras ocasiões, não imaginei que pudesse ser traído por aquele em quem depositei minha confiança para a execução de uma tarefa tão corriqueira.

Caruaru conhece a minha história e a minha conduta. Minha ficha é limpa, e não preciso me prevalecer de meios escusos para conseguir uma certidão negativa.

Fui, no mínimo, vítima da irresponsabilidade de um profissional do direito. Afirmo aos amigos e aliados que em breve tudo será devidamente esclarecido, a verdade prevalecerá, e triunfaremos em nosso propósito.

Este velho guerreiro continua na luta com a serenidade e a determinação de sempre, porém mais forte que nunca!

Caruaru, 1º de agosto de 2012.
Eduardo Teixeira Guerra


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro