14 de julho de 2015 às 11h34min - Por Mário Flávio

Do Diario

Com palavras curtas, o deputado federal Eduardo da Fonte (PP), líder do partido na Câmara Federal, declarou, através de sua assessoria de imprensa, que está tranquilo. “Estou à disposição da justiça para colaborar no que for possível, esclarecer logo todos os fatos”, disse o parlamentar. O deputado é um dos investigados na Operação Politéia, que foi deflagrada hoje de manhã a partir de novas provas da Operação Lava-Jato, com cumprimento de 53 mandatos de busca e apreensão expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em seis estados e no Distrito Federal. A operação está sendo desenvolvida, em conjunto, entre a Polícia Federal e o Ministério Público Federal.

A assessoria de imprensa do deputado informou que, nesta terça-feira, o parlamentar está em Brasília, onde cumpre, normalmente, suas atividades diárias. A assessoria, negou, no entanto, a informação inicial de que teria ocorrido buscas no apartamento de Eduardo da Fonte em Brasília. As buscas aconteceram, apenas, no Recife, onde o deputado tem, além de seu escritório, uma residência. Em depoimento, doleiro Alberto Youssef disse que o deputado federal pernabucano Eduardo da Fonte (PP) e o senador Ciro Nogueira (PP-PI) receberam entre 2010 e 2011 propinas.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro