23 de fevereiro de 2012 às 10h15min - Por Mário Flávio

Em entrevista concedida hoje (23) pela manhã à Radio Jornal, o governador Eduardo Campos fez um balanço do Carnaval 2012 no estado e da vitória da escola carioca Unidos da Tijuca, que levantou a Sapucaí prestando uma homenagem ao centenário do pernambucano Luiz Gonzaga.

Para Eduardo, a Tijuca foi bastante feliz ao destacar no seu desfile ícones da cultura de Pernambuco, a exemplo do artesanato e do Rio São Francisco.“É uma vitória de um tema pernambucano e, mais ainda, a valorização da cultura do Nordeste. Seis das 13 escolas apresentaram temas relacionados à região”, disse, lembrando que as xilogravuras de J.Borges, os mamulengos e outros símbolos pernambucanos estiveram presentes no desfile da escola vice-campeã, a Salgueiro.

Mas o título da Tijuca não é único motivo para os pernambucanos festejarem. O Carnaval de 2012 foi maior e mais seguro para o folião do estado e para os que vieram de fora. “Fizemos um Carnaval tranqüilo mesmo tendo um público bem maior este ano”, informou Eduardo, destacando que o número oficial de turistas no período só será divulgado pela Empetur na próxima semana.

Eduardo exaltou que a Folia de Momo no estado chama atenção dos visitantes pela essência popular, democrática e descentralizada. “É um grande carnaval com 20 polos espalhados pelo interior e que valoriza a nossa cultura como um todo. Essa é a marca que está ficando cada vez mais para o turista brasileiro e para o estrangeiro”, cravou.

Em relação à queda da criminalidade, o resultado parcial dos homicídios no período carnavalesco aponta uma queda de 10,7% se comparado ao do ano passado. O governador creditou o bom resultado ao esforço de mobilização antes mesmo do início oficial da festa. “Montamos um esquema com cerca de 36 profissionais de segurança desde o último dia 5, dia do desfile das Virgens de Olinda”, explicou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro