19 de outubro de 2013 às 09h25min - Por Mário Flávio

20131019-085854.jpg

A Feira Livre de Confecções de Santa Cruz do Capibaribe ganha cobertura e piso novo. O governador Eduardo Campos (PSB) e o prefeito do município, Edson Vieira (PSDB), assinaram convênio para construção da nova estrutura no espaço. Conhecida como Calçadão, a área total da feira a ser coberta é de 25 mil metros quadrados e fica pronta em até oito meses. A obra, que custará R$ 13,3 milhões, beneficiará diretamente cerca de quatro mil pessoas.

“É a sequência de ações para impulsionar e melhorar a atividade da confecção no Agreste do Estado, setor responsável pela ocupação hoje de quase 100 mil pessoas de maneira direta. Temos de ajudar na consolidação desse arranjo produtivo”, destacou o governador, durante solenidade realizada na Sede Provisória do Governo do Estado, no Centro de Convenções de Pernambuco.

O prefeito Edson Vieira aproveitou a ocasião para assinar um projeto que denomina o espaço de Governador Miguel Arraes de Alencar, e destacou a importância da obra. “É de grande benefício para o município, para quatro mil pessoas que ali estão, jogadas até então sem nenhuma infraestrutura, expostas ao sol, chuva e lama, numa área que estava no abandono. O Governo do Estado tira pessoas menos favorecidas dessas condições, dando um local digno de onde tiram seu sustento. Beneficia não só Santa Cruz do Capibaribe, mas também regiões da Paraíba”, afirmou Vieira.

Junto com Caruaru e Toritama, Santa Cruz do Capibaribe forma espécie de triângulo das confecções, hoje o principal ponto de escoação e vendas de confecções de no Estado. Cerca de 12 mil empresas atuam nesse setor do município, situado a 180 quilômetros do Recife e com uma população de quase 97 mil habitantes.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro