8 de fevereiro de 2013 às 07h25min - Por Mário Flávio

20130207-144404.jpg

O vereador Edmilson do Salgado (PCdoB) se irritou com a decisão do Conselho Político do PCdoB em Caruaru de reunir todos os filiados do partido na cidade, para montar uma Comissão de Ética, com o intuito de analisar se ele está cometendo infidelidade partidária. O comunista disse que descomhece qualquer movimento nesse sentido e criticou o encontro realizado nesta quinta (07).

Edmilson argumentou que é vice-presidente da sigla no município e que deveria ter sido ouvido pelo Conselho. “Eu não fui comunicado de nenhuma reunião do partido e não estou sabendo de nada. Sou o único representante do PCdoB com mandato em Caruaru, então não conheço nenhuma comunicação a respeito de mim. Não fui comunicado por Lícius, Arnaldo Dantas, Gil Bobinho, Luís Carlos e nem de seu ninguém… Sou o vice-presidente do partido em Caruaru e deveria ser comunicado”, criticou.

Sobre a formação da Comissão de ética o vererador disse não temer. “Não temo e não devo a nenhum deles, fui o primeiro a me filiar ao PCdoB e quando era presidente do partido e Lícius quis de todo jeito virar presidente ele veio a mim e combinou para irmos resolver isso no Recife. Aí eu pergunto: Por que agora estão com toda essa frescura no PCdoB em Caruaru? Veja mesmo quem pode perder e quem ode ficar no partido”, disse.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro