25 de maio de 2015 às 19h06min - Por Mário Flávio

  
Na Reunião Plenária desta segunda (25), o deputado Edilson Silva (PSOL) retomou as críticas à Parceria Público-Privada da Arena Pernambuco e anunciou medidas para apurar possíveis irregularidades contratuais. “Não vamos aceitar a retórica do vice-governador Raul Henry como solução para um problema dessa natureza”, alegou, referindo-se à visita que o gestor fez a Casa no último dia 14.

O parlamentar cobrou rapidez na publicação de três pedidos de informação que protocolou no dia 20 de maio. Dessa vez, ele solicita ao Ministério dos Esportes, ao Governo do Estado e ao Tribunal de Contas do Estado documentos relativos à construção do estádio. “Henry afirmou que assinaria o aditivo ao contrato porque havia pareceres positivos dessas instituições. Se essas avaliações não existirem, faremos novas denúncias”, frisou. 

Silva também pede as comunicações oficiais ocorridas entre os órgãos, os governos Federal e Estadual e as federações Internacional, Brasileira e Pernambucana de futebol. Além disso, ele quer saber o montante da dívida da Arena com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Banco do Nordeste, e por que o projeto da Cidade da Copa não foi executado.

 


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro