27 de janeiro de 2012 às 10h30min - Por Mário Flávio

Não tem sido só o nome do líder da situação na Câmara Municipal de Caruaru, Adolfo José (PSD), a ser cogitado como possível candidato a vice em uma chapa com candidatura de José Queiroz (PDT), na busca do novo partido por fortalecimento em 2012. Outro companheiro do PSD, o vereador Dr. Demóstenes também foi citado em comentários recentes dos bastidores políticos como outra alternativa, em se tratando das opções dentro do partido com maior bancada no legislativo. No entanto, o próprio Demóstenes descarta essa opção.

“É claro que em política nós não podemos descartar possibilidades e comentários  de bastidores fazem parte do início de discussões sobre as eleições, mas eu tenho um plano de governo que é minha reeleição a vereador e não teria em mente fazer parte de uma chapa como vice, se eu recebesse esse convite, eu recusaria, pois não me sentiria confortável com essa possibilidade”, esclareceu o vereador.

De fato, Dr. Demóstenes poderia não ser uma opção viável justamente por demonstrar uma postura independente e constantemente crítica a alguns pontos da administração José Queiroz. O próprio presidente estadual do PSD, André de Paula, em reunião com os vereadores do partido ontem (26), afirmou que Demóstenes deve aparentar um posicionamento um pouco desgastado durante a campanha que se aproxima, embora saiba que o vereador estará no palanque apoiando a Frente Popular.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro