14 de novembro de 2012 às 10h25min - Por Mário Flávio

O vereador Dr. Demóstenes (PSD) apresentou na Sessão Ordinária desta terça (13) a proposta de uma audiência pública para debater os efeitos da seca na Capital do Agreste. O pessedista explicou que o estado de Pernambuco está com mais de um milhão de pessoas atingidas pela seca, sendo 130 municípios no estado em estado de emergência, com alguns podendo chegar até ao estado de calamidade. Segundo o vereador, choveu apenas 30% para o que era esperado para o ano de 2012 e a situação em Caruaru é preocupante.

O edil explicou que a meta é que a Casa levante essa discussão, como outrora levantou vários debates de problemas do cotidiano da comunidade. “Sabemos da preocupação da presidenta Dilma sobre a seca no Nordeste e da posição do governador Eduardo Campos, que em boa hora criou um comitê para se contrapor aos efeitos da estiagem, mas tenho a certeza que esta Casa poderá deflagrar um movimento em nossa cidade, para que possamos fazer com que o nosso agricultor não sofra os efeitos dessa seca”, disse.

O vereador disse ainda que é preciso que a Casa encabece um movimento na cidade para que a Câmara esteja inserida na discussão. “Que façamos até uma audiência pública, essa é a minha sugestão, convocando para aqui diversas entidades e a sociedade em geral, para que possamos discutir e saber o que podemos fazer para contribuir com o agricultor de Caruaru. Tenho a certeza que essa Casa, pela história que representa em debater aos grandes problemas, não vamos ficar de braços cruzados. A nossa meta é apresentar projetos a curto prazo, porque esses que aí estão são a longo prazo, mas quem tem sede tem pressa, não pode esperar e é preciso uma ação desta Casa para ajudar a solucionar a esse problema que assola a nossa zona rural e toda a cidade”, pontuou.

A audiência deve ser marcada o mais breve possível, já que a Casa entra em recesso no dia 21 de dezembro, quando termina o mandato da atual Legislatura.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro