8 de novembro de 2013 às 17h29min - Por Mário Flávio

NOTA DE ESCLARECIMENTO

“A UESC tem uma larga tradição de luta em defesa dos direitos dos estudantes. Essa história vem desde antes de 1964, quando foi fechada pela ditadura militar. No ano de 1994, a UESC foi reconstruída. A partir de então várias foram as lutas e vitórias conquistadas pelos estudantes de caruaru. A luta contra UEX (Unidade Executiva, tentativa de privatizar a escola pública), a conquista da lei nº 4.025 em 2000, que garante o nosso direito à meia nos transportes e atividades de lazer, a luta pela eleições diretas para gestor e a incansável luta pela meia passagem intermunicipal, os campi da UFPE, do IFPE e da UPE, são vitórias das bandeiras de lutas erguidas pela UESC.

Em reunião da diretoria e depois do Conselho de Entidades de Base (CEB) da UESC, isto é, os Grêmios filiados a nossa entidade, prezando pela tradição democrática da nossa entidade, decidimos por convocar o Congresso Extraordinário, para discutir e deliberar a seguinte pauta:

1. ratificação do quadro dirigente eleito no 13º congresso e exclusão de membros da diretoria;
2. Reforma e consolidação do estatuto, atendendo exigência do novo código civil brasileiro;
3. Informes e debates sobre o 40º congresso da UBES. O Conselho de Grêmios também elegeu a Comissão Organizadora do Congresso.

Tudo isto porque o CEB constatou várias irregularidades da presidência: abandono da Diretoria e do CEB, assumiu cargos de Conselhos da Administração Municipal e outras espaços públicos em nome da UESC, sem consulta e prévia aprovação da diretoria ou do Conselho da Entidade, enfim, não vinha cumprindo nada do que o estatuto exige. Há mais de um ano não realizou nenhuma reunião de diretoria e nem do CEB, é desconhecido de toda a diretoria o paradeiro dos livros de registro e prestação de contas da gestão, da mesma forma não tem comparecido à sede.

Assim, o Conselho decidiu, por unanimidade, suspender Gleisson da presidência e convocar um congresso extraordinário da entidade, seguindo os prazos e recomendações do Estatuto, para o dia 12/11, a ser realizado no auditório do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de Caruaru, às 8h da manhã. situado à rua Afonso Celso, 25 – São Francisco – Caruaru.

Assinam este documento:

Rubem Severino – TESOUREIRO DA UESC
Andreia Florencio – SECRETARIA GERAL DA UESC
Jaynne Oliveira – 1º Tesoureira
Caio Sousa – 1º Secretario


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro