27 de março de 2012 às 15h21min - Por Mário Flávio

A Destra informa que a licitação para spray de pimenta e equipamentos Taser (armas de choque) foi revogada nesta terça, 27 de março, ou seja, ela tornou-se nula, não será mais realizada neste momento. A publicação desta decisão foi feita em 17 de março no Diário Oficial do Estado de Pernambuco.  A avaliação disso é que foi uma trapalhada da própria direção da Destra, o prefeito não havia sido informado dessa licitação e anulou o pedido.

Além disso, há outros pontos que podem ser analisados: sabe-se que os grevistas reclamam falta de equipamentos adequados e, ainda, os agentes de trânsito e guardas municipais não possuem treinamento adequado. Sendo assim, a licitação em um momento em que nem há diálogo entre grevistas da Destra e a própria prefeitura se torna equivocada. De outra forma, a revogação dessa licitação repercute no mesmo período em que o Fantástico publicou reportagem sobre casos de morte envolvendo o uso de armas de choque.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro