24 de dezembro de 2012 às 08h42min - Por Mário Flávio

O jornal espanhol El País incluiu a presidente Dilma Rousseff e o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, na lista dos 13 líderes ibero-americanos de 2012. “Mulheres e homens que marcaram 2012, que nos inspiraram ou protagonizaram feitos nos últimos 12 meses dignos de ser recordados”, destaca a publicação. Com o título Poderosa presidente, o jornal diz que “2012 foi um ano bom para Dilma Rousseff, mas ruim para o Brasil”. Ao lembrar que Dilma tem elevados índices de popularidade e conta com prestígio internacional comparável ao de Angela Merkel e Hillary Clinton, a reportagem diz que, em contraste, “o Brasil aparece agora com igual regularidade nas listas de países emergentes cujos problemas surpreendem e preocupam”.

“Em 2012, o boom do Brasil se converteu em crescimento econômico anêmico, escândalos de corrupção a granel, líderes icônicos do partido do governo na cadeia e a revelação de que explorar o petróleo descoberto em águas profundas demorará mais e custará mais do que se antecipava”, afirma o jornal. “A criminalidade aumenta e as obras prometidas para o Mundial de Futebol e os Jogos Olímpicos, que poderão sofrer significativos atrasos, completam o preocupante quadro brasileiro do ano de 2012.”


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro