8 de janeiro de 2016 às 07h20min - Por Mário Flávio

dilma

A presidente Dilma Rousseff, durante café da manhã com jornalistas, nesta quinta-feira (7), no Palácio do Planalto, defendeu a recriação da CPMF para reforçar o orçamento do Ministério da Saúde. Ela disse também que o governo vai propor alterações no sistema previdenciário e que continuará a luta para obter o equilíbrio fiscal.

“Vamos encarar a reforma da previdência, a modificação da idade e o comportamento etário. Estamos envelhecendo mais e morrendo menos. Não é possível que a idade média (para aposentadoria) seja de 55 anos. No futuro vai ter menos gente trabalhando para sustentar mais gente. Países desenvolvidos e emergentes buscaram aumentar a idade do acesso. Em todos os dois casos, não se pode achar que afeta direitos adquiridos”, afirmou a presidente.

A reforma da Previdência começou a ser tentada no governo do ex-presidente FHC, mas sempre enfrentou a resistência da maioria dos congressistas.

Trata-se de uma oposição irresponsável, pois se essa reforma não for feita em curto prazo, o déficit nos próximo três anos chegará a R$ 200 bilhões.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro