30 de maio de 2012 às 10h15min - Por Mário Flávio

A advogada que representa o prefeito José Queiroz, Diana Câmara, informou que o chefe do executivo de Caruaru está elegível, ao contrário do que estaria sendo dito, segundo o prefeito, pelas mesmas pessoas que em 1994 entraram na justiça para cassar o mandato do deputado Wolney Queiroz. Segundo o blog do Jornal Vanguarda, a advogada teria dito que ‘o prefeito de Caruaru se encontra em plenas condições legais para participar das Eleições de 2012’. Inclusive, a advogada chegou a dizer que o prefeito dispõe de todas as certidões judiciais e as condições de elegibilidade necessárias para concorrer à reeleição.

A questão veio à tona porque a reportagem de hoje no Jornal do Commercio versa sobre a possível inelegibilidade do prefeito José Queiroz, referente a um processo no qual ele é acusado de improbidade administrativa, durante o seu segundo mandato, em 1993. O processo já teria sido julgado até as últimas instâncias e o atual chefe do executivo estaria impedido de disputar a reeleição.   ‘Não existem causas que gerem a inelegibilidade do prefeito, com todas as contas de gestão aprovadas no Tribunal de Contas. O suposto ‘processo de improbidade administrativa’ na verdade trata-se de uma ação da década de 90 que ainda está tramitando no Superior Tribunal de Justiça, sem qualquer condenação em improbidade administrativa’, justifica a advogada Diana Câmara. Ela argumenta ainda que o objeto da ação não se enquadra em uma das hipóteses previstas na Lei das Inelegibilidades.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro