11 de julho de 2012 às 19h59min - Por Mário Flávio

Com informações do Diário da Sulanca

Após a descoberta do corpo de uma criança assassinada brutalmente nas proximidades do distrito do Olho d’Água do Púcaro a população de São Domingos tem vivido horas de terror, agravadas ainda mais após um suspeito ter sido detido no posto policial da localidade.

O suposto autor do assassinato de Flánio Macedo, 09 anos, ainda não teve seu nome revelado, mas a notícia da sua detenção provou uma verdadeira onda de protestos que chegaram a colocar em risco a vida do suspeito e de policiais que atuavam no caso.

Milhares de moradores de São Domingos e Santa Cruz se dirigiram até o posto policial para protestar e tentar fazer justiça com as próprias mãos, o que poderia provocar uma tragédia ainda maior. Pedras foram atiradas contra o posto policial e viaturas que estavam no local, policiais foram atingidos por pedras.

Vandalismo – Um grupo de manifestantes se dirigiu até a residência do acusado aonde, segundo informações, foram encontrados objetos utilizados em rituais de magia negra. A residência do acusado, na Rua São Domingos, sofreu depredação, o que pode prejudicar a investigação, já que provas do crime podem ser destruídas pelos manifestantes.

Manifestantes são detidos – Aproximadamente 10 manifestantes já foram detidos em São Domingos por atos de vandalismo no posto policial e na residência do acusado. Policiais tentam conter os manifestantes com bombas de efeito moral, o clima é de tensão no local.

Corpo – o corpo de Flánio Macedo ainda se encontra no Instituto Medico Legal, na capital do estado, e deve ser sepultado em Serra dos Ventos assim que for liberado.

20120711-200037.jpg


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro