14 de outubro de 2013 às 19h33min - Por Mário Flávio

O assassinato do promotor de Justiça Thiago Faria de Godoy Magalhaes, 36 anos, no último domingo (13), em Itaíba, no Agreste Meridional, foi repudiado, em Plenário, nesta segunda (14), pelo deputado Rodrigo Novaes, do PSD.

O parlamentar solicitou minuto de silêncio e prestou solidariedade à família. O corpo do promotor foi encontrado com cerca de 20 perfurações a bala. O deputado sugeriu que, como não tinha inimigo, a suspeita é de que o crime tenha sido motivado pela função que exercia.

De acordo com Novaes, Magalhães foi alvo de emboscada na PE-300, que liga Águas Belas a Itaíba, quando seguia para o trabalho, no prédio do Tribunal de Justiça na cidade, em companhia de sua noiva. O parlamentar destacou as providências que estão sendo tomadas pelo Governo do Estado, designando delegados a fim de acompanhar e esclarecer o caso. O deputado prestou apoio ao Ministério Público.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro