16 de janeiro de 2014 às 23h12min - Por Mário Flávio

20140116-231210.jpg

Terminou por volta de 19h30 na sede do Ministério Público de Pernambuco a ouvida de oito vereadores investigados pela Operação Ponto Final. Prestaram depoimento aos promotores Bianca Stella e Maviael de Souza: Val (DEM), Jadiel Nascimento (PROS), Jajá (PPS), Val das Rendeiras (PROS), Louro do Juá (SDD), Eduardo Cantarelli (SDD), Sivaldo Oliveira (PP) e Cecílio Pedro (PTB). Alguns preferiram não se pronunciar e outros trouxeram fatos novos a investigação, o que pode trazer uma situação importante para o cenário.

Diante dos depoimentos dos vereadores na tarde de hoje, os promotores decidiram que outros políticos do legislativo e executivo poderão ser alvo da investigação. “O objeto do procedimento é a questão da moralidade administrativa reinante na Câmara e isso pode motivar a investigação de outras pessoas, que podem ser outros vereadores e políticos que tiveram relacionamento com vereadores, baseado nas informações trazidas pelos que foram ouvidos hoje. Isso se indicarem fundamento para tanto”, expôs o promotor Maviael de Souza.

Ele explicou ainda quais os próximos passos das ações após do MPPE após os interrogatórios. “A indicação entre os passos da conversão do procedimento preparatório em inquérito civil e há também a possibilidade no correr desses dias que as ações de improbidade comecem a ser ajuizadas, se assim houver fundamento”, disse. Na tarde dessa sexta-feira (17) os vereadores Neto (PMN) e Evandro Silva (PMDB) também serão ouvidos na sede do MPPE em Caruaru.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro