25 de fevereiro de 2012 às 14h40min - Por Mário Flávio

Em Agrestina a guerra entre situação e oposição ganha mais um capítulo. Foi publicada no Dário Oficial a denúncia da Comissão Processante da Câmara pedindo explicações a prefeita Carmem Miriam (PT). As acusações são de possíveis infrações político-administrativas contra a Chefe do Executivo. O documento determina que a petista apresente em dez dias defesa prévia por escrito, indique as provas que pretende produzir e arrole testemunhas, até o máximo de dez.

A prefeita não deu muita bola para as denúncias, mas pode enfrentar problemas com a Câmara. Dos nove vereadores, ela conta com o apoio de apenas três, uma situação delicada para um ano eleitoral. A publicação deve ser o tema da próxima reunião ordinária na Câmara na próxima segunda-feira.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro