10 de fevereiro de 2014 às 17h44min - Por Mário Flávio

NOTA DE PESAR

É com profundo pesar, revolta e tristeza que recebemos a notícia da morte do cinegrafista da Band, Santiago Ilídio Andrade, vítima de um tiro de rojão disparado por um criminoso travestido de manifestante. Repudiamos que bandidos se infiltrem em manifestações populares para propagar ódio, violência, destruição e morte. Precisamos resguardar o direito de manifestação pacífica, um valor democrático inegociável.

Que Deus conforte a família de Santiago. E que esse crime seja solucionado da forma mais ágil e satisfatória. O assassinato de um trabalhador e profissional da imprensa coloca o País em alerta por atentar contra a liberdade de expressão.

Mendonça Filho (PE)
Líder do Democratas na Câmara dos Deputados


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro