14 de janeiro de 2014 às 18h15min - Por Mário Flávio

20140114-181528.jpg

Por Ana Rebeca Passos

A defesa do vereador Neto (PMN) informou que conseguiu a liminar preventiva junto ao Tribunal de Justiça de Pernambuco. Com isso, o mesmo deve se apresentar nesta quarta-feira a Polícia para na sequência ser liberado. Neto recebeu um mandado de prisão por ameaça a testemunha, de acordo com decisão do juiz Pierre Souto Maior. O advogado Maviael Peixoto garantiu que o cliente dele vai colaborar com a justiça.

“Conseguimos o habeas corpus preventivo do vereador e ele deve se apresentar nesta quarta a qualquer hora assim que for solicitado pelo juiz como ficou acordado. Assim que comparecer diante do judiciário, Neto vai assinar um termo de compromisso, tomar ciência dos seus deveres e receber um cópia do processo e tomar conhecimento da denúncia qur pesa sobre ele. O vereador nunca esteve fora da comarca de Caruaru, como disseram, e ele sempre esteve disposto a colaborar”, garantiu Peixoto.

Neto e outros 9 vereadores estão sendo investigados pelos crimes de concussão, organização criminosa e corrupção passiva.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro