3 de agosto de 2012 às 16h06min - Por Mário Flávio

Candidatos gostaram do debate, mas não deixaram de fazer críticas uns aos outros

Os candidatos à prefeitura de Caruaru Fábio José (PSOL), Miriam Lacerda (DEM) e Zé Queiroz (PDT), saíram do debate na Rádio Cultura do Nordeste com opiniões que convergem em um ponto: todos consideraram que suas participações foram positivas, obviamente. No entanto, além de fazerem uma avaliação própria, também analisaram seus adversários.

Fábio José, que pela primeira vez participou de um debate de prefeituráveis em Caruaru, analisou que o debate foi de alto nível, mas não deixou de fazer críticas a forma como os outros dois candidatos responderam as perguntas. “Foi um debate de alto nível, sem agressões, infelizmente os candidatos fugiram às perguntas em alguns momentos. Mas, meu foco é apresentar um projeto consistente de governo e eu sou candidato do povo.  Estão achando que eu estou fora do páreo, no entanto eu sinto as mesmas necessidades da população e isso mostra que o projeto do PSOL se identifica com a necessidade da população caruaruense”, citou Fábio, fazendo crítica em referência ao embate personalizado entre Miriam e Queiroz.

Já o atual prefeito e candidato à reeleição, Zé Queiroz, demonstrou-se tranquilo com o resultado do debate e ainda atacou diretamente Miriam Lacerda. “Avalio de forma positiva, graças a Deus, com bom humor, me sentindo feliz, sabendo o que estamos fazendo e o que podemos fazer pela população caruaruense. De outro modo, a candidata Miriam Lacerda só tenta colocar a cidade para baixo. Acredito que ela não circule pela cidade e não tenha visto nossas obras. Acho que ela não vai, por exemplo, aos parques que construímos nessa gestão porque se sente acanhada com o desenvolvimento do governo”, ressaltou. Queiroz também criticou Fábio e disse que sua postura está mais próxima do DEM. “Fábio precisa definir com clareza suas posições, para que suas colocações não acabem ajudando a candidata da Direita, que vai contra o projeto do PSOL”, completou.

No entanto, Miriam salientou que sua preocupação é apresentar o projeto de governo dela para a população e se referiu indiretamente ao prefeito como quem falta com a verdade na atual gestão. “Foi positiva a avaliação, a população teve conhecimento das nossas propostas de governo e isso é importante. Eles também tiveram a oportunidade de saber quem teve  quem realmente estava com a verdade. Nosso foco vai ser mostrar nosso projeto e trabalhar, trabalhar e trabalhar”, explicou.

Se por um lado, esse primeiro debate revelou um embate de personalismo entre Miriam e Zé Queiroz, discutindo o que este fez e o que Tony Gel fez ou deixou de fazer na gestão passada, também revelou as estratégias de campanha de cada candidato e ainda mostrou que o nível de discussão entre eles tende a se abster de ofensas, sem deixar de lado as críticas um ao outro.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro