13 de junho de 2013 às 01h32min - Por Mário Flávio

O suposto uso do Diário Oficial de Pernambuco para promoção pessoal do governador Eduardo Campos foi, mais uma vez, tema de debate da Oposição. O líder da bancada, deputado Daniel Coelho (PSDB), trouxe levantamento feito por ele das últimas 20 edições do informativo, nas quais 15 destacam promessas e personificam o Governo do Estado. De acordo com o tucano, o jornal deve informar as ações do Executivo e não promover o governador, pois o dinheiro é do Estado.

O parlamentar lembrou, ainda, matéria publicada no Jornal Folha de São Paulo, no último dia oito de abril, analisando 58 capas do Diário Oficial pernambucano, veiculadas entre janeiro e março deste ano. Daniel Coelho denunciou que 47 delas sugeriam a promoção do governador.

Em aparte, os deputados Terezinha Nunes e Betinho Gomes, ambos do PSDB, reforçaram o pronunciamento. A parlamentar lamentou o fato pois, mesmo depois da denúncia da Folha, segundo ela, o Diário Oficial continua fazendo propaganda pessoal do governador. Betinho argumentou que é preciso divulgar o que é de interesse público.

Raquel Lyra e Ângelo Ferreira, os dois do PSB, defenderam o Governo do Estado, ao dizer que a ordem de serviço para a Adutora do Agreste foi assinada pelo governador, no exercício de seu mandato, e isso é informação e deve ser divulgada pelo Diário Oficial.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro