30 de julho de 2012 às 09h33min - Por Mário Flávio

A Central Única dos Trabalhadores de Pernambuco (CUT-PE) realizará um protesto na terça-feira (31), às 09h, na Praça da Independência, em Recife, contra a publicação do decreto governamental 7777 que prevê a substituição dos servidores públicos federais em greve por servidores estaduais e municipais.

De acordo com o presidente da CUT-PE, Carlos Veras, a  medida imposta pelo Governo Federal atropela o processo de diálogo e vai na contramão da legitimidade de uma paralisação em defesa de salários e direitos. Ele ressaltou que a greve é um direito constitucional.  “Somos contrários, porque a substituição de servidores com atribuições diferenciadas entre os entes federados é inaceitável e pode implicar em inúmeros – e graves – prejuízos para a sociedade”, ressaltou.

Veras  também argumentou que o confronto que se agrava, após mais de um mês de paralisação, só teria se estabelecido pela incompreensão do governo federal. Além disso, ele disse que a utilização de pessoal não qualificado para exercer funções como a da vigilância sanitária e de fronteiras, de portos e aeroportos pode colocar em risco a saúde, a segurança da população e a própria soberania nacional.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro