13 de março de 2020 às 16h33min - Por Mário Flávio

O líder do Podemos na Câmara, deputado federal Léo Moraes (RO), quer que o Ministério Público Federal ajuíze uma Ação Civil Pública para que sejam suspensos, por 30 dias, todos os voos da Ásia e da Europa para o Brasil. A representação será protocolada nesta sexta-feira (13) e alcança também embarcações marítimas vindas dessas localidades. 

“O objetivo é proteger a saúde da população brasileira. Precisamos suspender a chegada de aeronaves da Europa e da Ásia. Países como Israel e Estados Unidos já tomaram medidas nessa linha”, assinala Léo Moraes. 

No pedido, Léo Moraes solicita também que seja determinado o envio de tropas do Exército, da Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal para monitoramento e controle das fronteiras terrestres. 

“O próprio ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, confirmou a preocupação com a capacidade dos nossos hospitais. O momento de barrar o avanço do coronavírus é agora. Não adianta fechar a ‘porteira’ depois que houver uma explosão de casos dentro do país”, observa Léo Moraes. 

Conforme o deputado, a restrição de acesso ao país, inicialmente, é apenas para pessoas, mercadorias não são objetivo do pedido. 

“Não afeta nada em relação à entrada de medicamentos, vacinas, e produtos”, ressalva Léo Moraes. 

Na próxima semana, o deputado pretende discutir o assunto com o Procurador-geral da República, Augusto Aras. 

Ontem (12), o Ministério da Saúde confirmou que o Brasil tem 77 casos confirmados de novo coronavírus, e 1427 suspeitos. O estado com o maior número de pessoas infectadas é São Paulo, com 42 casos. 


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro