19 de julho de 2012 às 10h42min - Por Mário Flávio

No início desse mês o blog publicou com exclusividade a noticia que o PCdoB não iria subir no Palanque de Zé Queiroz (PDT). Após idas e vindas e muita especulação, além de mudanças de discurso por parte de alguns membros do Conselho Político, nesta quinta (19), pela manhã, finalmente foi divulgada a carta em que o partido se posiciona oficialmente sobre a situação.

No contexto

Postura de Lícius causa dúvida junto ao eleitorado

Lícius e parte do diretório do PCdoB fora do palanque de Zé Queiroz

Como já tínhamos afirmado, não existe clima entre Zé Queiroz e Lícius Cavalcanti, que não têm nenhum tipo de relação, a não ser a institucional. A carta foi feita e refeita várias vezes e após muito debate chegou ao conteúdo final. O partido segue a mesma linha do vice-governador João Lyra (PDT). Segue abaixo o documento.

NOTA OFICIAL DO DIRETÓRIO MUNICIPAL DO PARTIDO COMUNISTA DO BRASIL

Com base nos princípios éticos e em defesa dos mais legítimos interesses do povo de Caruaru, o Partido Comunista do Brasil, com o exclusivo objetivo em contribuir para o aprimoramento do processo político democrático, a independência do legislativo e a verdadeira socialização das políticas públicas, promover o diálogo para a elaboração e implantação de um modelo de gestão planejada, transparente, moderna e participativa para nossa sociedade, não mediu esforços em nome da harmonia e unidade.

Foi o único partido que retirou uma legítima candidatura a prefeito, sendo prejudicado diretamente diante de parte da opinião publica que não percebeu a complexa decisão, mas um grande gesto pela unidade da Frente Popular de Caruaru.

Diante de uma centralizadora e indiferente posição estabelecida nos rumos da Campanha Majoritária e Proporcional, bem como a falta de dialogo e participação na elaboração do plano de governo a ser apresentado à população (não encontramos argumentos para defender um plano de governo que não conhecemos), o posicionamento dos condutores do processo prejudica frontalmente as metas fixadas com nossas lideranças.

A ultrapassada e excludente condição imposta à varias lideranças e em especial as nossas, cria um quadro frontalmente prejudicial aos objetivos planejados pelo PC do B. A ordem dos fatos nos conduz ao cumprimento dos objetivos estatutários estabelecidos por nosso Partido, a falta de dialogo nos obriga a não participar da mesma frente de batalha. Entendemos que, quando decidimos estar na mesma trincheira a confiança é fundamental.

Declaramos a partir dessa data a desvinculação do Partido Comunista do Brasil do palanque das candidaturas majoritárias. Entendemos que nenhuma das propostas atenderá as necessidades da nossa gente. Reafirmamos (CARUARU NÃO PODE MAIS SER DISCUTIDA POR MEIA DUZIA DE PESSOAS). No entanto manteremos, o pensamento ideológico e todos os demais compromissos estabelecidos com a Frente Popular de Pernambuco.

Este posicionamento é apoiado pela Direção do PCdoB, a qual recomenda aos demais candidatos e à militância do Partido o mesmo procedimento.

Caruaru, 19 de Julho de 2012.

Conselho Político do PCdoB


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro