2 de abril de 2013 às 21h25min - Por Mário Flávio

comissaosaude

Um relatório elaborado pela direção do Laboratório Farmacêutico de Pernambuco, o Lafepe, será entregue à Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa. A informação foi divulgada, nesta terça (02), pelo presidente da instituição, Luciano Vasques, durante visita do colegiado. No documento, vão constar informações detalhadas sobre investimentos na entidade em setores como estrutura, desenvolvimento, pesquisa, manutenção, produção e pessoal.

Antes de percorrerem todos os setores do Lafepe, o presidente da Comissão de Saúde, deputado Sérgio Leite (PT), e o deputado Clodoaldo Magalhães (PTB), se reuniram com a diretoria da empresa farmacêutica. Na ocasião, o presidente do Lafepe apresentou dados dos últimos anos. Após a explanação, os parlamentares conheceram o funcionamento do laboratório e verificaram as instalações físicas. Também está sendo implantado um local destinado à fabricação de medicamentos para o tratamento da Tuberculose.

Vasques lembrou que preside o Lafepe desde 2007, e que, na época, encontrou a entidade com déficit financeiro, passivo trabalhista, entre outros problemas. Ele destacou a situação do laboratório. O presidente também ressaltou que a falta de medicamentos ocorre por conta das exigências da Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, e salientou que os remédios são repostos à medida em que a falta é constatada.

Na opinião do deputado Clodoaldo Magalhães, a visita foi satisfatória. Segundo ele, os números apresentados pelo presidente do Lafepe mostram um faturamento e um lucro líquido bem acima dos anos anteriores. O deputado Sérgio Leite destacou a situação do Lafepe. O parlamentar ainda ressaltou que a maioria dos investimentos na empresa é feita com recursos próprios, e salientou a expectativa de realização de concurso para a contratação de pessoal, a fim de aumentar a produção.

A Comissão de Saúde também vai realizar uma audiência pública para ouvir os técnicos e o presidente do Lafepe. O encontro será agendado, de acordo com um consenso da bancada de Oposição da Assembleia, uma vez que a demanda para avaliar o laboratório partiu do grupo oposicionista. Atualmente, o Lafepe produz 56 tipos de medicamentos, incluindo os antirretrovirais, e fabrica óculos de grau.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro