9 de dezembro de 2013 às 20h25min - Por Mário Flávio

20131209-193935.jpg

A Comissão de Justiça (CCLJ) da Assembleia Legislativa de Pernambuco aprovou, nesta segunda-feira (09), matéria que reforça a política de reintegração à sociedade de egressos do sistema prisional, por meio de empregos em empresas terceirizadas a serviço do Estado. Além disso, duas proposições de interesse da população do campo também foram aprovadas. Uma delas definindo regras para a regularização fundiária. E a outra criando políticas de apoio à agricultura familiar e extensão rural.

“O projeto reserva 2% das vagas das empresas terceirizadas do estado para egressos do sistema socioeducativo e do sistema prisional. Isso garante a maior possibilidade de reinserção na sociedade dessas pessoas que precisam de oportunidade em suas vidas. Além disso, aprovamos tanto a politica de regularização fundiária, que vai permitir mais dignidade e cidadania a tantos poceiros, pessoas que moram há tantos anos e acabam tendo instabilidade na sua propriedade. E também poder trabalhar a regularização fundiária, fortalecer a extensão rural também com a aprovação de uma politica de extensão rural, com assistência lá na ponta, especialmente ao pequeno agricultor familiar”, detalhou a presidente da CCLJ, deputada Raquel Lyra.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro