7 de dezembro de 2012 às 16h55min - Por Mário Flávio

A Comissão de Diagnóstico Infanto-Juvenil do Município de Caruaru, do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDICA), apresentará na próxima sexta-feira, 14 de dezembro, na sala de monitoramento da Secretaria da Fazenda Municipal, os dados colhidos referentes ao ano de 2011, com o objetivo expor as potencialidades e fragilidades, diagnosticado de acordo com informações repassadas pelos órgãos Integrantes do Sistema de Garantia e Direito.

Segundo a presidente do COMDICA, Michelly Pereira, esse estudo partiu de uma parceria com o Banco Santander, para que fosse possível destinar recursos para a garantia de direitos de crianças e adolescentes na cidade. “O banco propôs que fizéssemos um diagnóstico para que apontássemos as demandas de crianças e adolescentes, para que fosse possível destinar recursos em busca do desenvolvimento ações sociais. Apresentamos o diagnóstico e foi possível conseguir recursos para 2011. A gente também fechou um acordo com a ONG CONVIVA para realizar o diagnóstico em diferentes segmentos, conseguimos renovação e apresentaremos agora o diagnóstico com os dados do ano passado, visando a renovação dos investimentos. Todo o sistema de garantia de direitos está envolvido nesse estudo. Analisamos desde a ausência de creches em Caruaru, atá a implantação de ações da prefeitura nessa área. No entanto, ainda identificamos uma situação gritante no que se refere ao sistema de medida socioeducativas e estamos agora em busca de novos financiamentos para sanar as demandas nesse setor”, explicou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro