29 de maio de 2012 às 06h49min - Por Mário Flávio

Pelo menos em público, os dois pré-candidatos petistas demonstraram-se, ontem, frontalmente contrários à possibilidade de abrirem mão de suas pré-candidaturas em favor de um terceiro nome, para poupar o partido do desgaste gerado pela segunda prévia partidária em apenas 15 dias. Esse é o acordo que a comissão de enviados do PT nacional, que chega hoje ao Recife, tentará arrancar de João da Costa e Maurício Rands.

A resistência maior partiria do prefeito. Porque o terceiro nome, que agradaria à direção nacional, é o do senador Humberto Costa a quem João da Costa tem sérias resistências pelo envolvimento direto dele na campanha pró-Rands.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro