4 de outubro de 2017 às 19h03min - Por Mário Flávio

A ecretaria de Cultura de Pernambuco (Secult-PE) acatou o pedido para tombamento da casa de número 369, na Rua Barão de Itamaracá, no bairro do Espinheiro (Recife), onde morou o compositor Lourenço da Fonseca Barbosa, o ilustre Capiba (1904-1997). Nos próximos dias será publicado edital para abertura do processo de tombamento. 

A Fundarpe – órgão ligado à Secult-PE, responsável por análises na área de patrimônio – fará todo levantamento cultural e histórico do imóvel e encaminhará o documento para o Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural, que aprofundará a análise e emitirá o parecer definitivo sobre o tombamento. De todo modo, pela lei de proteção do estado a bens materiais, o imóvel encontra-se protegido durante todo processo, como se já tombado estivesse.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro