14 de dezembro de 2011 às 01h27min - Por Mário Flávio

Os auditores do Tribunal de Contas do Estado rejeitaram a prestação de Contas  de alguns vereadores e ex-vereadores de Caruaru, referentes ao exercício de 2007. A decisão foi tomada após os servidores constatarem o mau uso da famigerada verba indenizatória ou verba de gabinete. Segundo o que foi relatado, houve desvio de finalidade e foi constatada a não existência de alguns itens, entre eles: locação de computadores e reforma nos escritórios, que não aconteceram. A situação constata mais uma vez que a Legislatura anterior vai entrar mesmo para a história de Caruaru, só que de forma negativa.

Nunca se viu tantos problemas em tão pouco período de tempo. O dinheiro público era tratado com desdém e valores como a ética e moral foram desprezados pela maioria. A resposta veio nas urnas, quando mais de 70% do quadro foi renovado, afinal era preciso que a população mostrasse que estava insatisfeita com aquela dura realidade. Muitos perderam o mandato e caso voltem em 2013, terão que aprender a conviver com uma nova era.

Essa decisão da Pimeira Câmara do Tribunal de Contas revela o quanto é importante ter um órgão que fiscalize com seriedade os recursos públicos. É bom frisar que cabe recurso aos citados, mas caso o pleno do TCE volte a se reunir antes das eleições do ano que vem e vote pela manutenção da condenação, os políticos podem ficar inelegíveis. Alguns dos citados tentaram atribuir a decisão a erros jurídicos de quem fez a defesa, mas é bom frisar que os advogados apenas emitiram pareceres com o que eles tinham em mãos. Nenhum dos defensores gastou indevidamente ou orientou aos edis a agir de uma maneira inadequada, eles apenas cumpriram o paquel que cabia aos mesmos e não possuem culpa alguma na decisão do TCE.

Mas como diz um velhor jargão popular: “para todo um mal, sempre existe um bem”. Era como se a Casa tivesse que passar por todos aqueles problemas para que os nossos vereadores amadurecessem. Essa Legislatura recuperou a imagem da Câmara e deu exemplo em vários assuntos, mas fez apenas o que os políticos têm a obrigação de fazer, a questão é que fazer o básico nessa área, acaba virando a excessão. Ainda existem equívocos, mas uma coisa é certa, em relação a Legislatura passada, só temos a dizer que a maioria da população de Caruaru vai passar uma borracha sobre os anos de 2004 e 2008, período mais tenebroso da história do Legislativo.

PRAZO – Os vereadores que foram citados pelo Tribunal de Contas têm 15 dias para ressarcir o erário. No entanto, como todos irão recorrer o processo ainda vai demorar muito para ser finalizado e pode ficar para depois da eleições de 2012, o que para todos seria um alívio.

MAIS PROBLEMAS – O pagamento indevido de horas extras será outro problema e dessa vez a bronca mais uma vez vai ser para Neguinho Teixeira. Ele deve receber outra rejeição do Tribunal de Contas e ter que devolver mais dinheiro aos cofres públicos. O resultado sai nos próximos dias.

EM BRANCO – Entre os vereadores não houve repercussão alguma sobre o caso. Todos os que usaram à Tribuna evitaram falar sobre o assunto e mais uma vez houve o duelo entre oposição e situação, só que dessa vez o tema em questão foi o resultado da pesquisa que avalia de forma positiva o governo Queiroz.

NA TRIBUNA – Sempre discreto, o vereador Bruno Lambreta usou à Tribuna da Câmara para comemorar os números da pesquisa. “O tempo todo falavam aqui em rejeição e pesquisa do Palácio, agora temos é que comemorar esse resultado e a oposição mostra só desespero”. Só faltou ele parafrasear Zagalo.

PAPAI NOEL – Já o tucano Diogo Cantarelli aproveitou para provocar a situação. Ele fez uma analogia com o natal para comentar sobre a pesquisa. “Acreditar que o governo Queiroz tem 52% de aprovação? Então, para mim Papai Noel existe”, disse.

CHUPETA – O vereador Val ironizou a pesquisa divulgada e usou termos que provocaram risadas na meia dúzia de gatos pingados que assistiam a Sessão. Ele disse que só fala bem do governo “quem está mamando num chupetão”, se referindo aos aliados do prefeito Queiroz, que comemoraram o resultado da pesquisa encomendada pelo Palácio do Campo das Princesas.

CHUPETA II – O vereador Zé Ailton não perdeu tempo e partiu pra cima de Val: “Vossa excelência é quem entende de chupeta, passou os oito anos mamando no governo de Tony Gel”. O debate na Câmara as vezes se resume a comparações… Tipo essa de quem mamou mais. Lamentável, mas irônico e as vezes provoca uns risos.

CONFRA –   No fim da sua fala, o vereador Zé Ailton sugeriu ao presidente da Câmara que realizasse um confraternização com todos os vereadores. Para ele, o ano foi de intenso trabalho e os edis merecem parar um dia para deixar a política de lado abordar outros assuntos. Será que conseguem?

 JOÃO LYRA – O governador em exercício concede uma entrevista ao jornalista Pedro Paulo. A sabatina será na TV Nova Nordeste e pode ser vista em Caruaru a partir de 12h pelo canal 31. A expectativa sobre o teor da entrevista é grande, afinal nas últimas semanas João Lyra chutou o balde e balançou a estrutura da Frente Popular aqui na cidade.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro