10 de maio de 2012 às 17h55min - Por Mário Flávio

Caixa Econômica Federal e a Prefeitura de Caruaru realizaram nesta quinta-feira, o sorteio da numeração das 500 casas do loteamento Juiz Demóstenes Veras, que compõem o Programa Minha Casa Minha Vida. As unidades habitacionais são destinadas às famílias com renda de até R$ 1.600. Na oportunidade, estiveram presentes o gerente regional de governo da Caixa, Jonathan Borges, o secretário de planejamento e gestão, Ricardo Góes, e a secretária de políticas sociais, Martha Melo.

O sorteio foi iniciado priorizando as famílias com portadores de deficiência, para que estes fossem contemplados com os lotes mais próximos da entrada do empreendimento, logo em seguida foi a vez das famílias com idosos e por fim os demais beneficiados pelo programa. Esta é a maior entrega de casas populares da história de Caruaru. Para se ter uma ideia, na década passada foram entregues apenas 50 residências, na Vila Milênio.

“Vocês podem se considerar parte da história de Caruaru. Essas casas são um marco divisor do atraso habitacional que Caruaru vivia. Hoje as pessoas que foram vítimas das enchentes podem ter novamente o seu lar, assegurar a sua cidadania”, declarou Ricardo Góes.

Para que fossem aprovados pelo programa, os contemplados precisaram ter os cadastros aprovados por Governo Federal, Caixa e Prefeitura. Entre os beneficiados estão as famílias vítimas da cheia que atingiu Caruaru em 2004. A Caixa, inclusive, havia liberado em 2006 recursos para a construção de 150 unidades, mas até 2009 só 13% da obra tinha sido concluída.

O sorteio da numeração é uma das últimas etapas antes da entrega das chaves, marcada para o dia 18 de maio, data de aniversário da cidade. Antes de poder entrar nas novas casas os futuros moradores devem assinar os contratos, até o dia 17, em qualquer agência do banco.



Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro