10 de fevereiro de 2020 às 06h21min - Por Mário Flávio

Nesta terça-feira (11) uma reunião vai definir o futuro do comando da Sudene. O novo ministro da Pasta, Roberto Marinho, vai definir se Douglas Cintra fica ou não no comando da entidade. A especulação sobre a saída do ex-senador diz respeito a imagens mostradas ao presidente Jair Bolsonaro, nas quais ele estaria ao lado dos ex-presidentes Lula e Dilma e isso teria irritado ao chefe da nação.

Aliados de Douglas como o deputado federal Fernando Rodolfo (PL) e o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), saíram em defesa dele e tentam explicar que Cintra nunca foi petista. A saída de Douglas nesse momento seria ruim para o Nordeste, já que ele tenta devolver protagonismo a Superintendência.

Reuniões voltaram a acontecer por lá e políticos de várias tendências voltaram a frequentar a Sudene para debater situações importantes para a região. Tomara que dessa vez o governo não faça política com o fígado e mantenha Cintra no cargo. A conferir.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro