1 de junho de 2013 às 10h25min - Por Mário Flávio

Pelo quinto ano consecutivo, a população de Caruaru e os turistas poderão contar com o Juizado do Forró. Com o grande público que a cidade recebe neste período, o Juizado foi criado com o objetivo de proporcionar maior tranqüilidade para as pessoas que vão festejar o São João.

Em 2012, foram registradas 52 ocorrências. De acordo com o juiz responsável pelo Juizado do Forró, Dr. Marupiraja Ramos, é expectativa é que este número aumente um pouco. “Definimos dias e horários compatíveis com as atrações e quantidade de público, pois nos outros anos, registramos mais ocorrências de acordo com estes indicadores. A nossa expectativa é que sejam registradas em torno de 80 ocorrências”.

Uma novidade para este ano é que as ocorrências relacionadas às drilhas também deverão ser feitas junto ao Juizado do Forró. “Caso aconteça alguma ocorrência no desfile de uma drilha, por exemplo, ficará sob responsabilidade do Juizado do Forró. Mesmo que no dia o Juizado não esteja funcionando, as pessoas podem nos procurar nos dias em que haverá atendimento”, explica Dr. Marupiraja.
A unidade funcionará no Espaço Cultural Tancredo Neves, das 22h às 5h, nos dias 1, 8, 14, 15, 22, 23 e 29.
Esta ação é uma parceria entre o Tribunal de Justiça de PE – TJPE, Defensoria Pública, Ministério Público (MPPE), Organização dos Advogados do Brasil (OAB-Caruaru), Secretaria de Defesa Social (SDS), Prefeitura de Caruaru, Asces, Delegacia do Turista e Polícias Civil e Militar.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro