29 de maio de 2018 às 08h42min - Por Mário Flávio

Do G1 Caruaru

A terça-feira (29) começou com longas filas em postos de combustíveis de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, no nono dia de paralisação dos caminhoneiros. O governo estadual, em parceria com o Exército, organizou comboios que saem do Porto de Suape com combustível para abastecer os serviços essenciais e parte dos postos.

No sábado (26), a Prefeitura de Caruaru informou que uma medida judicial foi produzida com o intuito de garantir o fornecimento de combustível e gás butano ao município. Ainda não há informações de quantos postos receberam combustíveis na cidade.

O G1 passou por trechos das BRs 104 e 232, em Caruaru, e constatou que caminhoneiros seguem parados nas rodovias. Carros de passeio, motos e ambulâncias passam pelo local.

Falta de abastecimento de combustível gera falta de alguns produtos em supermercados

Até a publicação desta matéria, a frota de ônibus não normalizou no município, que segue operando com 50% da linha. Também não foi registrada melhora no fornecimento de gás de cozinha, que segue em falta nos estabelecimentos.

Pelo menos três mercados da cidade registram falta de alimentos, como frutas, verduras e carnes de boi e frango. Pelo menos 63 cidades decretaram situação de emergência devido ao desabastecimento de combustível. A informação foi divulgada pela Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe).

Os postos de combustível de Caruaru, que totalizam 78, começaram a receber gasolina e álcool, mas o fornecimento ainda é irregular. Os estabelecimentos que foram reabastecidos não estão limitando a venda de combustível por cliente, mas quem está com o galão, só pode encher dois. O galão precisa ser certificado pelo Inmetro.

Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) trouxe para o Recife remédios que serão encaminhados para um centro de nefrologia em Caruaru. A greve dos caminhoneiros afetou o fornecimento de insumos, que foram trazidos de Montes Claros (MG).

Avião da FAB chegou no Recife com medicamentos que serão levados para clínica de nefrologia em Caruaru, nesta terça-feira (29) (Foto: Reprodução/TV Globo)

A clínica tem convênio com o SUS e, segundo a direção, só tinha medicamento suficiente para atendimento até a próxima quinta-feira, mesmo reduzindo o tempo de hemodiálise dos pacientes. Cerca de 90% dos atendimentos são feitos através do convênio.

O pedido de ajuda ao Ministério da Saúde foi feito por meio da Associação Brasileira dos Centros de Diálise e Transplante, que reúne centros de todo o Brasil.

As linhas de ônibus passam a circular com uma redução de 50% da frota em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. A medida segue até esta terça (29). A ação visa garantir continuidade dos serviços de transporte.

As aulas da rede municipal de ensino foram suspensas em Caruaru, Taquaritinga do Norte e Garanhuns. As aulas e o expediente administrativo continuam cancelados na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), na Universidade de Pernambuco (UPE), na Universidade Federal de Pernambuco (UFRPE) e no Instituto Federal de Pernambuco (IFPE).

A Secretaria Municipal de Saúde de Caruaru informou que, devido à paralisação nacional, o atendimento das Unidades Básicas de Saúde e do prédio administrativo será até as 12h. Os serviços ambulatoriais especializados, centros de saúde, UPAs, Hospitais e demais unidades de funcionamento 24 horas terão seus serviços mantidos normalmente.

Coleta de lixo e serviços públicos

A Secretaria de Serviços Públicos de Caruaru informou que a coleta de lixo por bairros será reduzida; foram suspensos os serviços de capinação; os serviços de manutenção da iluminação, por enquanto, seguem normalizados.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro