7 de abril de 2012 às 09h27min - Por Mário Flávio

Texto: Fernanda Carvalho

A Secretaria Especial da Mulher realiza a 1ª Exposição Cultural das Religiões Afro-Brasileiras. Durante os dias 4, 5, 6 e 7 de abril, no galpão do Polo Cultural Estação Ferroviária, o projeto “Caruaru Parada Obrigatória” disponibilizará um espaço de divulgação a cultura religiosa dos terreiros. A exposição tem por objetivo desconstruir representações negativas e preconceituosos com relação aos cultos afro-brasileiros, dando visibilidade a essa cultura e promovendo a tolerância religiosa.

O galpão do Polo Cultural Estação Ferroviária será caracterizado como o de um terreiro de Candomblé, Umbanda ou Jurema. Manequins serão expostos com roupas dos orixás que regem os terreiros de Caruaru, além dos mestres, mestras, caboclos, pombas giras e exus. A ambientação proporcionará ao visitante a vivência das atividades desenvolvidas nos mais de cinqüenta terreiros espalhados pela cidade. Serão expostas também no local, fotos de um trabalho de conclusão do curso de Jornalismo da Favip que aborda essa temática, e representantes dos diversos terreiros também estarão presentes.

A 1ª Exposição Cultural das Religiões Afro-Brasileiras tem como parceiros a Rede de Mulheres de Terreiros de Pernambuco, a Fundação de Cultura e Turismo e as comunidades tradicionais de terreiros de Caruaru. A Secretaria Especial da Mulher tem como compromisso de gestão possibilitar discussões para a melhoria das demandas de grupos que ainda são minorias na sociedade. A exposição é mais uma etapa do trabalho que vem sendo realizado desde o ano passado com o I Encontro de Representantes de Matriz Africana e Afro brasileira ,possibilitando um espaço para o diálogo com a população negra e a comunidade tradicional de terreiro.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro