25 de fevereiro de 2013 às 19h22min - Por Mário Flávio

Índice Firjan Caruaru

A distribuição das riquezas produzidas em Caruaru colocou o município na sétima posição ranking do Índice Firjan de Desenvolvimento Social (IFDM),na edição 2012. Para efeitos de comparação, o município ficou atrás de Bezerros, município vizinho no Agreste, e acima de Petrolina, cidade de porte médio no Sertão, que ficou na nona colocação. O índice atual toma como base o ano de 2010 e tem por objetivo medir o desenvolvimento de todas as cidades brasileiras nas áreas de emprego e renda, educação e saúde. Seu cálculo é feito tomando como base estatísticas oficiais dos Ministérios do Trabalho, Educação e Saúde.

No contexto

Segundo prefeitura, Caruaru acumula maior investimento da história

Os dados completos do IFDM você confere clicando aqui

Em 2011, o IFDM mostrou Caruaru na quarta posição no ranking em Pernambuco. Calculado pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), o IFDM 2012 tomou como base o ano de 2010 e mostrou ainda que além de Caruaru, municípios como Jaboatão dos Guararapes, Petrolina e Cabo de Santo Agostinho, apesar de seu peso no Produto Interno Bruto (PIB) estadual, ainda precisam evoluir na distribuição de suas riquezas, se comparados a outras cidades pernambucanas de menor porte. Para efeitos de comparação, Caruaru ficou atrás de Bezerros, sexto colocado, mas a frente de Jaboatão dos Guararapes e Petrolina, respectivamente oitavo e nono colocados. Os dados gerais dos municípios foram inclusive tema de repercussão no Diario de Pernambuco desse domingo (24), que mostrou que a riqueza gerada pelas cidades pernambucanas ainda reflete a distribuição adequada em recursos sociais.

No entanto, o IFDM 2012 de Caruaru apontou que o município está numa fase de desenvolvimento moderado, quando os índices ficam entre 0,6 e 0,8. Além disso, quando se divide o índice por setores de investimento, o quesito Saúde apresentou uma taxa de desenvolvimento elevado, de 0,8115. E ainda, Caruaru está entre os 31,6% dos municípios de Pernambuco que atingem taxas de desenvolvimento moderado, enquanto 66,3% das cidades pernambucanas estão em um ritmo de desenvolvimento regular, que indica índices de 0,4 a 0,6. Apenas 0,3% dos municípios atinge alto grau de desenvolvimento, medido a partir do índice 0,8.

Em outro aspecto, o índice do Firjan de Caruaru se manteve similar ao índice de Pernambuco, que é de 0,7298. Já na comparação da evolução temporal desses dados, Caruaru mostrou evolução desde 2000, quando o índice era de 0,6009. Entre 2005 e 2010, os índices se mantiveram entre 0,7 e 0,73, sendo o maior pico em 2009, quando o município atingiu 0,7316.

Confira os números dos 10 primeiros municípios colocados

1 – Recife – 0.8258

2 – Ipojuca – 0.7868

3 – Salgueiro – 0.7655

4 – Paulista – 0.7478

5 – Cabo de Santo Agostinho – 0.7468

6 – Bezerros – 0.7389

7 – Caruaru – 0.7298

8 – Jaboatão dos Guararapes – 0.7245

9 – Petrolina – 0.7225

10 – Olinda – 0.7183


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro