10 de junho de 2018 às 22h39min - Por Mário Flávio

Nesta segunda-feira (11) o senador Armando Monteiro (PTB) anuncia que será que candidato a governador pela frente de partidos formadas por PTB, DEM, PSDB, PV, PRB, Podemos e PPS. Armando que já disputou o governo e perde para Paulo Câmara em 2010 vai para a disputa com partidos que eram da base do socialista e aposta no desgaste do governador para chegar ao Palácio do Campo das Princesas.

E ao menos que tenhamos uma surpresa nesta segunda-feira, a cidade de Caruaru não será contemplada na majoritária. A especulação era grande em cima do nome do ex-governador João Lyra para ocupar a vaga de vice ou até disputar o senado, mas João decidiu não disputar a eleição desse ano e vai ficar nos bastidores.

Outro nome da cidade cotado para entrar na disputa era o do suplente do próprio Armando, Douglas Cintra, mas como o PTB já vai indicar o cabeça da chapa, não faria sentido ter outro integrante do partido, isso poderia causar problemas na composição das vagas e gerar uma crise antes mesmo da campanha começar.

A vice deve ser mesmo do vereador do Recife André Régis, com isso, os principais partidos seriam contemplados na chapa. A chapa será oficializada na manhã desta segunda-feira num hotel no Recife e aí vão começar as estratégias para explicar os motivos dos escolhidos para as funções de senador e vice, mas o fato que a cidade de Caruaru, que lançou o nome de Armando em 2014, estará fora da majoritária. A conferir.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro