24 de março de 2017 às 11h55min - Por Mário Flávio

A Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) participa com sete unidades prisionais da Região Metropolitana do Recife, da Campanha Paternidade Além das Grades. A ação, iniciativa da Associação Pernambucana das Mães Solteiras (Apemas), ocorrerá desta segunda (27/03) até sexta (31/03), das 9h às 15h, e visa provocar o reconhecimento de paternidade por parte da população carcerária e fortalecer os vínculos familiares.

As unidades prisionais que serão polo da campanha são os presídios que compõem o Complexo Prisional do Curado – Agente Marcelo Francisco de Araújo(Pamfa), Frei Damião de Bozzano(PFDB) e Juiz Antonio Luiz Lins de Barros(Pajllb) – o presídio de Igarassu(PIG), o Centro de Observação e Triagem Criminológica (Cotel) e as colônias penais femininas do Recife(CPFR) e de Abreu e Lima(CPFAL). Para efetivar o processo de reconhecimento, os pais deverão apresentar original e cópia de suas identidades e a certidão de nascimento do filho. Caso o filho tenha mais de 18 anos, este também deverá apresentar a identidade. Durante a campanha, os reeducandos preencherão um formulário para ser apresentado no cartório e a previsão é que até 30 de abril o documento seja liberado.

Além da Executiva de Ressocialização, também são parceiros da campanha a Organização dos Advogados do Brasil/PE, secretarias Estadual e Municipal da Mulher, Fundação de Atendimento Socioeducativo, Universidade Católica de Pernambuco, Universidade Salgado de Oliveira, entre outros. A Apemas foi criada em 1991 e nesse período foram concluídos 50 mil processos de reconhecimento de paternidade no estado.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro