24 de fevereiro de 2014 às 15h24min - Por Mário Flávio

20140224-152422.jpg

O pré-candidato ao governo de Pernambuco pelo PSB, Paulo Câmara, foi testado pela primeira vez no uso dos microfones. Ainda com pouca intimidade com a plateia o socialista foi enfático e disse que o estado não pode parar e tem que seguir no ritmo do PSB a frente do estado. Ele usou o exemplo de Geraldo Júlio, quando foi lançado a prefeito do Recife.

“Na campanha, serei o primeiro a acordar e último a dormir, porque minha dedicação será integral”, disse. Câmara disse que está preparado para o grande desafio. “Como servidor público, sou um político, porque a gente faz a política de prestar um grande serviço ao público”, disse.

Câmara destacou em seguida o papel do vice-governador João Lyra Neto, com quem conviveu nos últimos anos no Governo, ressaltando ter a certeza do seu apoio e dedicação integral ao projeto.

Em seguida se referiu à chapa, com ênfase para a candidatura de Fernando Bezerra ao Senado. Disse que contava com a sua experiência e o seu talento para andar Pernambuco pedindo voto em favor do projeto da continuidade da gestão socialista.

“Vamos trabalhar de manhã, tarde e noite. Estamos todos muito animados”, disse Câmara, para encerrar: ‘Vamos em frente. Pernambuco não pode parar’.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro