17 de fevereiro de 2016 às 13h53min - Por Mário Flávio

NOTA OFICIAL

A Câmara Municipal de Caruaru informa que conhece os problemas estruturais existentes em alguns gabinetes de vereadores e reitera que, por meio de sua Procuradoria Jurídica, vem buscando solução junto à empresa Matias Silva ME, responsável pelas obras de reforma da Casa Jornalista José Carlos Florêncio, efetuadas entre 2011 e 2013.

De acordo com o procurador Cláudio Emerson Cumarú, a Câmara tentou contato com a empresa, sediada em Cupira, mas não obteve sucesso, chegando a ingressar com ação judicial contra ela. Infelizmente o endereço fornecido e registrado junto à Receita Federal não é válido. Diante disso, a Procuradoria está formulando um pedido à Justiça para que a empresa seja citada por meio de edital e tenha seus ativos bloqueados para que possam cobrir os gastos que, possivelmente, o Poder Legislativo terá com o conserto das obras, que custaram ao erário municipal cerca de 367 mil reais.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro