23 de janeiro de 2014 às 14h57min - Por Mário Flávio

20140123-145841.jpg

Com quase duas horas de atraso a Câmara de Caruaru realizou uma reunião extraordinária para votar o empréstimo de R$ 250 milhões para construir o BRT em Caruaru. Com maioria folgada, o governo obteve 20 votos e apenas dois vereadores se posicionaram contra a autorização da Câmara para obter o empréstimo. Apenas Rosimery da Apodec e Joel da Gráfica, ambos do DEM, votaram contra.

O vereador Dr. Demóstenes (PSD) faltou a reunião e justificou a ausência. Com a tese de que o projeto é bom para Caruaru, a prefeitura conseguiu a autorização. O atraso para o início da votação ocorreu devido aos parlamentares esperarem pareceres das comissões de Legislação e Redação, de Finanças e de Obras e Serviços. A partir de agora o projeto segue para sanção do prefeito Zé Queiroz (PDT), para depois ser enviado ao Banco do Brasil, que vai analisar se libera a verba.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro