27 de junho de 2017 às 07h12min - Por Mário Flávio

Bruno Araujo - Foto: George-Gianni/PSDB

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, disse no Recife nesta segunda-feira (26) acreditar que o presidente Michel Temer terá os 172 votos de que precisa na Câmara Federal para rejeitar a denúncia que será feita contra ele pelo procurador geral da República.

Até porque se o presidente não tiver esses votos, disse ele, “não haverá mais governo”. Em tese, o presidente Michel Temer tem o apoio na Câmara Federal de cerca 400 deputados e para que a denúncia seja aceita são necessários os votos de 352 parlamentares.

Se a denúncia for aceita, o Supremo Tribunal Federal estará autorizado a abrir processo contra o presidente, que será afastado do cargo por 180 dias.

Embora da base governista, o PSDB não vai fechar questão contra a aceitação da denúncia. Segundo o líder da bancada na Câmara, Ricardo Trípoli, os tucanos vão “votar de acordo com a sua consciência”.

Temer deverá ser investigado por corrupção passiva, obstrução de Justiça e organização criminosa.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro