23 de março de 2018 às 16h30min - Por Mário Flávio

O presidente do PSDB-PE, deputado federal Bruno Araújo, foi taxativo ao afirmar que está assegurada a posição do partido na chapa majoritária do grupo oposicionista “Pernambuco Quer Mudar” nas eleições deste ano ao governo do Estado. “Em qualquer circunstância o PSDB estará na chapa majoritária. Não sei em que posição. Não vou fugir ao meu papel dentro do que encontrarmos como melhor propósito para apresentar um grande projeto aos pernambucanos”, disse o tucano em entrevista nesta sexta-feira (23) a rádio Cultura de Caruaru, no Agreste.

Bruno destacou que as oposições – encabeçadas pelo PSDB, PTB, MDB e DEM – não se apresentarão nessa eleição apenas como um grupo adversário do atual governo. “Não vamos escolher um candidato apenas para se opor a Paulo Câmara. Mas para apresentar um projeto de esperança, esse é o propósito. Há cheiro no ar de que Pernambuco quer experimentar outro movimento político. Pernambuco é um estado de alternância”, disse.

Ainda sobre as eleições locais, o presidente do PSDB-PE informou que o partido terá uma chapa única para a disputa proporcional. “Teremos chapa única para deputado federal e estadual. Estaremos todos juntos. Na composição de lá, o governador vai ter problemas. Os insatisfeitos de lá venham pra cá que serão acomodados. Se não forem atendidos lá, venham que a gente ajusta dentro do melhor projeto para Pernambuco”, convidou.

Na avaliação de Bruno Araújo, o palanque governista deve se compor com o PSB e PT e, nesse contexto, ambos terão muito de explicar aos pernambucanos, previu. “O PT vai ter de se de juntar com quem eles acusam de golpistas (referindo-se ao voto do PSB em favor do impeachment da ex-presidente Dilma). Vão ter de explicar isso à população”, alertou.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro