14 de agosto de 2018 às 17h52min - Por Mário Flávio

Em programa de governo divulgado nesta terça-feira (14), o candidato à presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, propõe que “policiais sejam protegidos por uma retaguarda jurídica garantida pelo Estado através do excludente de ilicitude”.

Bolsonaro chamou atenção para o número de policiais mortos no Brasil. De acordo com dados divulgados pelo deputado, 493 policiais foram mortos em 2016, quantitativo que subiu para 552 no ano passado.

Ainda segundo o parlamentar, o Foro de São Paulo e a esquerda política são os responsáveis pelo aumento do número de assassinatos no país. No documento da proposta de governo, Bolsonaro promete enfrentar viés totalitário do Foro, que segundo ele, “tem enfraquecido as instituições democráticas”.

A respeito do porte de arma pela população civil, Bolsonaro argumentou que em países onde há maior flexibilização sobre o tema, o índice de homicídios é menor que no Brasil. Na comparação, no entanto, cita apenas países desenvolvidos, como Alemanha, Estados Unidos e Finlândia.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro