17 de fevereiro de 2014 às 07h25min - Por Mário Flávio

NOTA –

Simplista, superficial, equivocada. É dessa maneira que podemos classificar a “análise” feita pela deputada Teresa Leitão sobre o PCC, em entrevista a uma emissora de rádio local. Com argumentos capengas e mal formulados, a referida deputada empreendeu uma sofrível defesa do projeto que destruiu a carreira dos profissionais da educação da rede municipal de Caruaru. Na realidade, o que ficou demonstrado foi que a parlamentar não conhece o PCC; certamente não leu; se leu não entendeu.

Diante dessa desastrosa fala da deputada, fica, para nós, a certeza de que os defensores do PCC vão, do ponto de vista dos seus argumentos, da mediocridade ao nada.

Caruaru, 17 de fevereiro de 2014.

Diretoria da Associação dos Trabalhadores em Educação de Caruaru – ATEC”.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro