22 de março de 2014 às 10h01min - Por Mário Flávio

O andamento da construção do Centro Integrado de Ressocialização (CIR) do município de Itaquitinga, na Mata Norte de Pernambuco vai ser discutido durante Audiência Pública a ser realizada na próxima segunda-feira (24), às 9h, no auditório da Assembléia Legislativa de Pernambuco. A reunião é uma solicitação do Sindicato das Empresas Locadoras de Máquinas e Equipamentos (Sindileq-PE).

De acordo com o diretor do Sindileq-PE, Cláudio Chaud, as obras do presídio estão paradas há mais de dois anos e até o momento nenhuma providência foi tomada para que sejam retomadas.

Foram convidados a participar da Audiência Pública, o Secretário de Desenvolvimento Econômico do Governo de Pernambuco, Frederico Amâncio, e o Procurador-geral do Estado, Thiago Noronha.

Orçada no valor de RS 350 milhões, a construção do presídio é decorrente de uma parceria público-privada (PPP) na área de Segurança Pública. Iniciada em junho de 2010, a obra foi gerenciada pela empresa concessionária e líder do consórcio Advance Construções e Participações Ltda, que faliu e precisou ser substituída pela DAG Construtora. Após a decretação de falência da empresa surgiram vários problemas financeiros.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro