7 de maio de 2014 às 07h04min - Por Mário Flávio

20140507-070556.jpg

A entrevista do deputado estadual e pré-candidato à Câmara Federal, Adalberto Cavalcanti (PTB), ao jornalista Jénerson Alves, publicada na edição semanal do Jornal Extra de Caruaru, ganhou repercussão em todo Estado. O vice-líder do PTB na Assembleia Legislativa falou sobre a sua atuação parlamentar e política.

Adalberto Cavalcanti revelou que está aguardando a confirmação de uma audiência com o novo governador João Lyra Neto (PSB), onde deve discutir temas como à educação e segurança. “Temos uma pauta positiva para discutir com o novo governo”, destacou.

Sobre política, o parlamentar deixou claro as suas posições com relação às eleições. “Estamos fechados com as pré-candidaturas de nosso líder Armando Monteiro Neto (PTB) e João Paulo (PT), além da reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT)”, afirmou Adalberto, adiantando que está na condição de pré-candidato a deputado federal. “No Congresso Nacional poderei contribuir ainda mais com o Estado, ajudando na viabilização de mais recursos para o desenvolvimento de nossos municípios.”

Questionado sobre a “nova política” proposta pelo presidenciável Eduardo Campos, Adalberto Cavalcanti foi taxativo ao informar que em três anos como deputado só foi recebido pelo ex-governador uma única vez. “Não se faz uma nova política dessa forma, sem ouvir as pessoas”, disse.

O petebista concluiu a entrevista lembrando que uma nova política de verdade se faz com obras e atenção às pessoas. “As grandes obras no Estado tem o DNA do Governo Federal. Para mim, essa sim é a nova política. A política de quem faz pelo povo e para o povo”, finalizou Adalberto Cavalcanti.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro