5 de fevereiro de 2016 às 20h59min - Por Mário Flávio

  

Com pouco mais de 70 anos, cabeça e coração de menina, sorriso sempre presente, alegria que envolve quem se aproxima. Emociona-se quando relembra do passado em que brilhava nas décadas de 60 e 70, cantando e dançando como se estando na mesma forma física de antes. Ela é Ivete Cairo, funcionária pública há 35 anos e assim como no São João, é responsável pela confecção dos enfeites do carnaval. 

Ivete dos Carnavais de Rua com o Bloco de Zé de Inês da década de 50 e desfile de Escolas de Samba, Troças e Agremiações Carnavalescas como o Clube Misto Vassourinhas em Folia, o Motoristas, o Sapateiros, e olha que eu ainda alcancei e presenciei, claro já na década de 80, alguns destes blocos desfilando. O tradicional Bloco de Cacho de Coco, As Divinas e Maravilhosas. Os Carros Alegóricos, e no natal o Pastoril, uma tradição de uma era tida por muitos, ainda hoje como época gloriosa de Caruaru. 

A vida deixou no passado grandes momentos em que ela gosta de relembrar, mas no presente Ivete tem alguns sonhos ainda não alcançados, como por exemplo, conseguir reformar a casa onde mora, para que consiga ao menos nesta fase ter um melhor conforto e segurança, ou seja, morar com dignidade mínima possível, ao menos isso. 

Ivete é uma dessas muitas pessoas simples que fez e faz muito por Caruaru e ainda é pouco reconhecida. Quem sabe um dia… 

*Paulo Nailson é colaborador


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro