4 de março de 2014 às 22h41min - Por Mário Flávio

O carnaval chega ao fim e com isso o debate político vai ter início pra valer em Pernambuco. O PSB já tem o candidato e o ungido de Eduardo Campos é o secretário da Fazenda Paulo Câmara. Na outra chapa, o PTB vai vir com a candidatura de Armando Monteiro Neto, numa aliança com o PT. As estratégias de cada grupo já foram definidas. Os socialistas garantem que o nome de Câmara segue o trabalho de renovação da política, que segundo o PSB, foi iniciado em Pernambuco com a eleição do neto de Miguel Arraes.

O discurso do novo, a renúncia de Jarbas para concorrer a reeleição, a volta do PMDB a Frente Popular e o nome de Raul Henry como candidato a vice, fazem parte dessa conjuntura. O governador nega que tenha imposto candidatura e afirma que o amplo leque de alianças montado, é devido a capacidade de articulação que ele herdou do avô. O socialista também apresenta nos bastidores as pesquisas de opinião, com dados que reforçam a escolha por um nome jovem e que não seja estritamente político.

Discurso bem diferente na aliança entre PT e PTB. Os dois partidos falam em imposição de Eduardo e tentarão mostrar que o estado avançou graças ao Governo Federal, que priorizou Pernambuco e investiu pesado nos governos Lula e Dilma. A estigma de traidor também tentará ser repassada para Campos, num trabalho de formiga que o PT sabe fazer bem com cada militante. O nome de João Paulo na chapa será essencial para que essa costura vingue.

As andanças dos pré-candidatos durante o carnaval revelam que iremos ter uma eleição disputada, como faz algum tempo não vemos no estado. Duas potências com virtudes e fragilidades para serem exploradas durante a campanha.

CARNAVAL – O governador Eduardo Campos percorreu os quatro cantos de Pernambuco e comemorou o desenrolar da folia de momo no estado. “É gratificante passar pelos municípios pernambucanos e perceber a força e o crescimento da nossa cultura. Nós fizemos um Carnaval democrático, irreverente e tranquilo. É uma alegria ver o Brasil falando da nossa cultura e não só a festa de Recife ou Olinda, mas também as manifestações do Interior”, disse.

CARNAVAL 2 – Já o senador Armando Monteiro ficou de molho durante o carnaval. Segundo a assessoria do trabalhista o motivo foi a recuperação de uma pequena cirurgia no joelho. O pré-candidato ao governo pelo PTB poupou energia para as próximas semanas, que serão decisivas para compor a aliança com o PT. A conferir.

DECISÃO – O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) aproveitou o carnaval para fazer uma viagem a Portugal. Na terra dos Patrícios ele aproveita para refletir sobre o futuro na política. Ele pode sair candidato a deputado federal ou simplesmente abandonar a vida pública. Logo após voltar de viagem, o ex-governador de Pernambuco deve se posicionar. Ele foi aplaudido de pé no lançamento de Paulo Câmara, mas permaneceu sentado e de braços cruzados, bem ao seu estilo.

CANDIDATURA – A próxima semana será decisiva para o governador Eduardo Campos anunciar oficialmente a candidatura à presidência da República. Nessa quinta-feira ele deve confirmar o local e a data do lançamento, bem como anunciar o hoje de Marina Silva como candidata a vice, numa chapa puro sangue. Dia 10 de abril pode ser a data escolhida para a confirmação.

PMDB – O PMDB segue dando indícios de que uma ala do partido não quer mais seguir com o PT. Mais uma vez coube ao líder do partido na Câmara, Eduardo Cunha, soltar os cachorros e defender a saída da legenda da aliança com o PT. Ele é o pivô das crises entre o PT e o PMDB no Congresso e em plena terça de carnaval voltou a defender o rompimento da aliança entre os dois partidos na eleição presidencial de outubro. Muitos petistas querem o partido realmente longe do partido, mas o tempo precioso no guia pesa e por enquanto vão aguentando os amantes do poder.

OFICIAL – O novo secretário de Educação de Caruaru, Antônio Fernando, deve ser oficializado ainda essa semana no comando da Pasta. Desde o início do governo Eduardo Campos que ele comanda a Gerência Regional de Educação em Caruaru. A expectativa é como ele vai gerir uma das secretarias mais complicadas da atual gestão e que vive em pé de guerra com os professores. De cara ele encontra uma greve dos docentes, com mais de 30 mil alunos sem aula.

COMOÇÃO – A despedida de Welson Costa da função de secretário foi marcada pela emoção. Logo após o professor comunicar o anúncio, muitos funcionários da pasta se emocionaram, já que o secretário sempre foi muito querido por todos. Costa tentou implantar uma gestão humanizada na Pasta, mas devido ao complicado relacionamento com os professores e a falta de apoio de outras secretarias, acabou sendo rifado do cargo.

GRAVATÁ – O carnaval 2014 em Gravatá segue até a quarta feira de cinzas (05) e a festa acontece no Corredor da Folia (Estação do Artesão) às 20 horas com a Banda da Loirinha. O carnaval de Gravatá é uma realização da Prefeitura através da Secretaria de Turismo e com apoio do Governo do Estado e EMPETUR.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro