31 de agosto de 2013 às 07h55min - Por Mário Flávio

20130830-231659.jpg

O senador Armando Monteiro Neto (PTB) evitou ao máximo falar em eleição de 2014 no encontro de vereadores do partido, realizado nesta sexta-feira (30) em Caruaru. No entanto, sempre que foi indagado sobre o tema, não fugiu as respostas e mais uma vez deixou a entender que a composição de uma chapa encabeçada por ele para o governo de Pernambuco terá um candidato a vice da Capital do Agreste, seguindo uma tendência adotada por Miguel Arraes, Eduardo Campos e Joaquim Francisco.

“O que posso dizer é que, seguramente, qualquer chapa majoritária em Pernambuco para ser competitiva, precisa ter a presença de Caruaru”, disse. O senador ainda foi indagado sobre quem seria o nome para uma composição na vaga de vice, mas evitou falar em nomes. “Eu não gostaria de me posicionar sobre isso, essa é uma questão dos partidos, independentemente das pessoas e como as coligações irão se desenhar”, portou.

O senador ainda explicou a meta do partido para a eleição proporcional do ano que vem e quer aumentar consideravelmente a representatividade na Alepe e Congresso. “Esse encontro de hoje foi para nós engajarmos as bases municipais do partido e formarmos uma chapa que garanta a ampliação da nossa bancada na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal. O PTB elegeu em 2010 sete deputados estaduais e quatro federais. Queremos eleger dessa vez, em 2014, dez deputados estaduais e cinco federais. Essa é a nossa meta e para isso, precisamos mobilizar todas as forças do partido”, expôs.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro